Contabilidade 29 DE Maio DE 2020

O que é a Metodologia OKR?

 Olá! Como você está hoje? Este artigo aqui dá continuidade à sequência de textos sobre Planejamento Estratégico que estamos fazendo. Ele visa clarear o que é a metodologia OKR, trazer exemplos de metas e métricas e sugerir exercícios para você implementar esta metodologia na sua empresa!

Este texto faz parte de uma série de quatro artigos:

●1º - Planejamento Estratégico

●2º - Cultura Empresarial

●3º - Metodologia OKR

●4º - Ritos de Gestão 

 

METODOLOGIA OKR

O texto dessa semana é composto por:

1. O que é a Metodologia OKR 

2. Exemplos de metas e métricas

3. Exercícios para definição de objetivos e resultados-chave           

4. Conclusão 

 

1. O que é a Metodologia OKR?

Você já parou pra se perguntar como as grandes empresas organizam os objetivos e metas que eles querem atingir? Como será que a metodologia de gestão deles funciona e por que ela parece ser tão efetiva a ponto destas empresas crescerem tanto e parecerem estarem sempre tão alinhadas?

Bom, a maioria das empresas grandes, principalmente as de tecnologia, utiliza a metodologia OKR em suas gestões internas e uma das características mais legais desta metodologia é que ela pode ser implementada em qualquer empresa, independente do seu tamanho, ramo de atuação ou número de funcionários. Ela pode até mesmo ser utilizada para a sua vida pessoal! 

Esta metodologia tem como objetivo simplificar a forma de encarar os chamados “objectives and key results”, ou seja, os objetivos principais de uma empresa. O grande diferencial deste método é que ele é frequentemente reavaliado e acompanha facilmente mudanças nas metas que ele descreve. O OKR é um processo simples, de cadência rápida que envolve a perspectiva e a criatividade de cada time.

Mais do que uma metodologia de gestão para metas, OKRs ajudam a construir um senso de propósito para inspirar a equipe que irá trabalhar para atingir estas metas. Esta metodologia trabalha em cima de objetivos que devem ser significativos, orientados à ação e inspiradores. Alinhada a uma forte cultura empresarial, eles conseguem deslanchar nossos objetivos.

2. Exemplos de Metas e Métricas

Exemplo 1

Objetivo: Oferecer uma ótima experiência ao consumidor

Resultados-Chave:

KR 1) Manter o NPS acima de 75%;

KR 2) Aumentar a taxa de recompra de 45% para 60% em um ano.   

 

Exemplo 2

Objetivo: Acelerar o crescimento de receita recorrente

Resultados-Chave:

KR 1) Aumentar a receita mensal por assinante para R$ 200;

KR 2) Contratar 3 novos vendedores.   

 

Exemplo 3

Objetivo: Obter o máximo de receita com clientes da base

Resultados-Chave:

KR 1) Implementar um novo modelo de remuneração para suporte ao cliente;

KR 2) Aumentar a receita por cliente em 20%;

KR 3) Aumentar a retenção de clientes para 95%.   

 

Exemplo 4

Objetivo: Construir uma cultura de engajamento dos colaboradores

Resultados-Chave:

KR 1) Atingir nota 9 no índice de engajamento;

KR 2) Garantir que todos os colaboradores recebam ao menos 3 feedbacks;

KR 3) Realizar 5 atividades filantrópicas sugeridas pelos funcionários.   

 

Exemplo 5

Objetivo: Aumentar a produção em 15% no próximo semestre

Resultados-Chave:

KR 1) Contratar mais 10 funcionários;

KR 2) investir em novos equipamentos, renovando ao menos 50% deles até julho.   

 

Exemplo 6

Objetivo: Aumentar o lucro em 15% nos próximos 12 meses

Resultados-Chave:

KR 1) Cortar o Custo de Aquisição de Cliente (CAC) pela metade;

KR 2) Aumentar o ticket médio em 18%   

 

Exemplo 7

Objetivo: Lançar uma campanha de Dia dos Pais

Resultados-Chave:

KR 1) Elaborar o briefing até março;

KR 2) Analisar e aprovar o esboço até maio;

KR 3) Lançar a campanha em mês antes do Dia dos Pais.   

 

Exemplo 8

Objetivo: Garantir sustentabilidade financeira da empresa

Resultados-Chave:

KR 1) Aumentar o faturamento em 20%;

KR 2) Reduzir custos operacionais em 20%;

KR 3) Reduzir custos em contratação em 10%.   

 

3. Exercícios para definição de objetivos e resultados-chave

John Doerr, o homem que introduziu a metodologia OKR no Google, tem uma fórmula simples para a criação de OKRs:

               Eu vou (objetivo) medido por (conjunto de resultados-chave)

Uma boa meta precisa listar o que você vai realizar e a maneira como você vai medir o seu atingimento. As palavras-chave aqui são “medido por”, uma vez que medir é o que cria uma meta real e não apenas um desejo.

Os objetivos apresentam uma direção clara do que a empresa pretende conquistar. Cada objetivo pode ser formulado não apenas para tornar claro o que se deve buscar mas também para manter todos engajados na missão em questão.

Os resultados-chave servem de parâmetros para se determinar o quanto a empresa está perto de alcançar um objetivo. Em outras palavras, são metas menores que ajudam diretamente na conquista do alvo principal.

A seguir encontra-se um exemplo que vai te auxiliar a definir objetivos e resultados-chave da sua empresa.

1. Pesquise. Leia. Entenda. Vejam os exemplos.
2. Faça um brainstorming você com você. Escreva:

       ○ Quais são os objetivos que você pretende atingir?

      ○ Quais resultados-chave te ajudariam a alcançar estes objetivos?
      ○ Como você traduziria isso em palavras?

3. Entreviste os líderes da empresa. Dos sócios aos gerentes e passando também por pessoas influentes.    

○ Faça as mesmas 3 perguntas do item anterior.

4. Faça um fechamento buscando as interseções e as uniões do que você fez e do que os líderes disseram.

5. Defina quais serão os OKRs e os estruture segundo o modelo fornecido no começo desta seção. As metas definidas devem ser claras e específicas.

6. Valide com os líderes de cada área como eles se sentem com relação às OKRs que ficaram definidas e peça por feedbacks.

7. Estabeleça prazos de acompanhamento razoavelmente curtos, para que as metas possam ser constantemente revisadas.

8. Quando todos os OKRs estiverem definidos e validados pelos líderes e gestores, monte uma apresentação para dividí-los com toda a empresa e ajudá-la a entender como cada área e pessoa contribuirá para o atingimento daquelas metas.

      ○ Venda a sua ideia e faça com que a empresa compre a sua briga. A ideia dos OKRs é que sejam metas de difícil atingimento, para estimular os colaboradores a darem o melhor de si.

9. Faça uma apresentação para todos.

10. Estruture uma gestão a vista, em que as OKRs fiquem visíveis e que todos as vejam todos os dias.

      ○ Um exemplo disso são folhas pregadas na sua parede ou em um quadro de avisos. O importante é que as pessoas tenham um auxílio visual para se lembrarem das metas traçadas.

11. Lembre-se: o acompanhamento de OKRs é constante. E tem que cuidar sempre.

12. Não confunda esforços com resultados. É importante avaliar os resultados e não o esforço, pois mesmo que o esforço seja grande, se os resultados não forem atingidos é preciso revisar alguns processos.

4. Conclusão

A metodologia de gestão OKR tem por finalidade definir objetivos a serem atingidos, resultados-chave que indicam que estes objetivos estão sendo atingidos, engajar toda a empresa na busca por estes resultados e tornar a gestão mais compartilhada e participativa.

Esta metodologia é muito ágil e de resposta rápida, por isso é fundamental que os ciclos de aplicação das OKRs sejam curtos, para que os objetivos propostos sejam revisados periodicamente e os gargalos de atingimento sejam identificados.

Aliado a esta metodologia, é recomendável a utilização de um sistema de acompanhamento de indicadores. A metodologia OKR é focada na gestão, enquanto um sistema de indicadores auxilia no acompanhamento das metas e de outros objetivos além delas. Um sistema que é muito utilizado em conjunto com a metodologia OKR é o de KPIs (indicadores-chave de performance). Os KPIs são as métricas que você elegerá como essenciais para avaliar se a sua metodologia de gestão está sendo efetiva.

Agora que você conhece a metodologia OKR, sabe suas vantagens e que com certeza ela pode ser aplicada na sua empresa, por que não aplicá-la? Te convido a estudar mais sobre a metodologia: Neste vídeo aqui em que o John Doerr fala sobre ela é muito bom e tem até exemplo de aplicação na vida pessoal do Bono Vox! Se você não está seguro, pode começar aplicando metas em sua vida pessoal e depois passar para a sua empresa, quando pegar o jeito.

No texto da semana que vem, vamos falar sobre ritos de gestão. Eles têm por objetivo auxiliar a manutenção da sua gestão no passo certo e te ajudar a manter uma rotina com algumas atividades que ajudam sua empresa a funcionarem da maneira como você espera!

                    Gostou do artigo? Encaminhe este e-mail para um amigo empresário.

                                              De quem se importa com a saúde da sua empresa, 

                                                         Arthur Tadiotto Monticelli

                                                         Ativo Assessoria Contábil     

 

               Desenvolvido por Saulo Lara Espindola, Analista de Customer Success no Nucont